26 de abr de 2011

Como saber se minha corda não é mais segura?

. É muito difícil dizer se uma corda é ou não segura apenas olhando para ela. Diversos fatores influenciam na vida útil da corda.
Algumas dicas:
. Evite dar muitos “nos” desnecessários em uma corda, pois eles diminuem a resistência da corda.
. Procurem fazer no mínimo 2 back ups, ou seja (2 pontos de ancoragens extras, alem da ancoragem principal).
. Cuidado com arestas vivas, ou seja, pontas ou quinas afiadas de pedras ou rochas, pois isso facilita o rompimento da corda (se não tiver como evitar este tipo de situação, é recomendável colocar proteções grossas no local).
. Sensibilidade ao calor (evitar que a corda fique por um período prolongado a exposição ao sol e cuidado com atritos muito rápidos)





Riscos



Até hoje nunca ouvimos  falar de acidentes causados diretamente pelos equipamentos, como: Mosquetões, Cordas, Fitas tubulares rompidos ou quebrados.
Mas já ouvimos falar de acidentes causados por mosquetões abertos que não foram travados corretamente, cordas CORTADAS pelas arestas de pedras ou algum outro tipo de objeto cortante que não foi devidamente protegido, ancoragens e backups desfeitos pela falta de técnicas, “nós” inadequados desfeitos na presença de altas pressões.


Para saber mais acesse: www.guiavertical.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário